Ponto crítico - Meio ambiente, o problema do século



Não poderia deixar de abordar como primeiro tema do "Ponto Crítico", o meio ambiente. Nestes últimos dois anos, ouvimos por diversas vezes falarem sobre o tema, os países desenvolvidos, as ONGs, nossos vizinhos, os políticos, em geral. Mas esta ainda não é a realidade do nosso planeta. Aquela chamada conscientização.

Enganamos-nos redondamente, ao pensar que meio caminho já está andado. Fora apenas um pequeno passo, algo como o engatinhar de uma criança.

Tudo o que vemos, são estatísticas, das quais não nos trazem boa fé.

Mas fazemos a nossa parte? Ou esperamos das grandes potências o primeiro grande passo. Se um simples ato de entornarmos o óleo em uma garrafa de plástico já é um grandioso passo pra uma cidade mais limpa. Não jogar lixo nos rios - ah, o lixo nos rios! - Evitar, ou melhor, jamais, em hipótese alguma, despejar sucatas em bueiros - Se não serve mais, dê a esses objetos um fim digno, foram eles que tanto lhe serviram um dia. Doe a alguém. Se não presta, não o faça prestar somente pra causar a desgraça aléia, chamada enchente! - São pequeno-grandes passos pra se criar uma sociedade mais limpa. Seria como pedir pra fundarmos uma ONG? Eu acho que é algo muito mais simples.

As queimadas ainda são um ponto crítico com relação ao meio ambiente. O comércio pode até frear um pouco, mas a demanda não pára de crescer, e entre as grandes indústrias, não são muitas as que realmente se preocupam em preservar nossas florestas. Aquelas que se utilizam da madeira, como sua principal obra prima, é claro que são as mais propícias a derrubar árvores, degradando ao meio ambiente. Mas existem as automobilísticas, que não demonstram interesse na redução de veículos em circulação, e obviamente, de forma alguma incentivam o transporte coletivo, um grande avanço necessário para a redução de gases poluentes.

Mudar o combustível não é a solução definitiva, embora soluções definitivas não existam de fato. É uma razoável melhoria, mas andar a pé ou de ônibus seria o melhor caminho, não literalmente falado, é claro...

Porém, há um contra peso com relação ao transporte público. Quem, podendo usufruir de seu carro, aquele, pelo qual “ralou” pra pagar todas as prestações direitinhas, arcando com impostos abusivos, se disponibilizará a trocá-lo por um motim em quatro rodas? Custo benefício, agilidade, conforto. Nada disso será um atrativo. O transporte público não dispõe desses “adjetos”.

No final das contas, a balança do nosso consciente não calcula direito. As vantagens de se degradar o meio ambiente contam mais que a consciência limpa de se estar fazendo o correto.

Então, no final de tudo, podemos tirar uma conclusão disto. “Os grandes” podem até não fazer sua parte. O governo também. Mas se nós, pequenas formiginhas, mudarmos de posição, nos organizando, faremos valer nosso direito de ser diferente. Mudaremos muito.

E quando muitos de nós, pequenos, nos tornarmos como os grandes, logo estes serão diferentes, porque seremos nós mesmos agindo em prol do Planeta...





5 comentários:

André 17 de fevereiro de 2009 08:28  

amigo/faço a minha parte e a de mais umas dez mil pessoas mas nao posso mudar cabeças sem cerebro que vivem por viver. como eu te disse/ estou em paz com deus e tento ajudar ao maximo mas o que consegui foi ser perseguido e odiado por todos os empresarios de minha regiao. para ambientalista eu nao funciono por que acredito na força para vencer a canalhice contra a natureza. abraços

Francisco Castro 20 de fevereiro de 2009 22:31  

Olá, o problema ambiental no nosso planeta e mais especificamente em nosso Brasil deve ser tratado com a maior seriedade e efetividade. Devemos cuidar muito bem dos nossos rios, aterros, desmatamentos e todo tipo de poluição do ar.

De fato, nos últimos anos muitas coisas passaram e ser feitas para evitar ainda mais a deterioração do nosso meio ambiente, mas ainda faltam muito para ser feito para que estejamos seguros em nosso planeta. A destruição que ocorreu até agora foi muito forte e a sua reversão é muito demorada e custosa. Estamos torcendo, e fazendo a nossa parte, para que a sociedade consiga uma perpectiva melhor para a vida em nosso planeta.

Abraços

Francisco Castro

Globo Virtuall Net 22 de fevereiro de 2009 16:38  

Como o André disse ai, devemos fazer a nossa parte, inclusive isso aqui que você fez com este post é um meio de fazer a nossa parte. afinal a internet e um otimo meio de distribuir ideias, e a ideia de cuidar do meio ambiente é uma que deve ter uma grande propagação nesse mundo virtuall.

Parabéns

Globo virtuall Net

http://globovirtuall.blogspot.com

Anônimo 11 de maio de 2012 08:04  

muiito boom

Anônimo 27 de junho de 2012 11:01  

Parabéns pelo post.
Devemos sim nos preocupar e policaiar o meio anbiente. afinal é a nossa vida que estamos defendendo.fico muito triste quando vejo as pessoas descartando lixo nas ruas.
é com um pequeno papel de bala que começa uma grande poluições em nosso planeta.
peço conciêntização de todos.
faça como eu enche os bolsos e faça o descarte corretamente.

Postar um comentário

Estou interessado na sua opnião!
Deixe seu comentário, é importante pra mim,
obrigado!!!

Obs: Se você não possui uma conta no google, ou em nenhuma das opções abaixo. (ex: wordpress, OpenID). Escolha a opção anônimo, ou NOME/URL. Neste último, basta preencher o campo com seu nome, e se quiser, colocar um link no campo do web site. É simples assim.

Obrigado por comentar!

Quem sou eu

Minha foto
Sou um pensador nato, e gosto de admirar a beleza da vida, pois se focar nas imundices, eu surto.

Meus blogs

Conheça também!


A Extraordinária
Simplicidade da Vida


Diário Diabetes

Visitantes no momento



Este blog possui atualmente

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Seguidores (pessoas interessantes)

Comentaram aqui




Estatísticas do blog (dês de 04/02/09)



Blog cadastrado no Rec6

free counters

Mapa de visitantes





BlogBlogs

Origem das visitas



Páginas visitadas



[SELO_.jpg]

Meu primeiro selo!
Agradeço ao blog Exoticlic,
um blog que vale apena acompanhar!

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs